Notícias

Imagem

Começa vacinação de pessoas com Down após luta de instituições e familiares

Marcelo, filho de Maria de Lourdes Jakobowicz, foi vacinado contra Covid-19 nesta segunda, em Curitiba
 
Após uma intensa luta da Auditora Fiscal Aposentada Maria de Lourdes Jakobowicz, começou nesta semana em Curitiba a vacinação contra Covid-19 para pessoas com Síndrome de Down (SD). O filho de Maria de Lourdes, Marcelo Jakobowicz, foi imunizado nesta segunda-feira, 10 de maio, em uma Unidade de Saúde da capital. “Estamos muito felizes”, afirmou Maria.
 
A bandeira da vacinação para pessoas com Down foi levantada e defendida por diversas instituições, entre elas a Associação para o Desenvolvimento Integral do Down, Movimento Down, Federação Brasileira das Associações de Síndrome de Down, entre diversas outras, além de médicos, pais e familiares.
 
A DS Curitiba publicou duas reportagens defendendo a vacinação para pessoas com SD, grupo que possui até dez vezes mais chances de desenvolverem a forma grave da doença devido à baixa imunidade. Na primeira reportagem, falamos sobre a batalha de Maria de Lourdes para criação de seus filhos (além de Marcelo, ela também teve uma filha, Karina, já falecida e que também nasceu com SD). Clique aqui e saiba mais.
 
Na segunda reportagem, publicada no dia 30 de abril, a DS Curitiba retomou a questão da vacinação, que desta vez já havia previsão para iniciar. A imunização para pessoas com SD segue uma lógica diferente da que vinha sendo aplicada até o momento (por faixas etárias). Independentemente da idade, os indivíduos com Trissomia do Cromossomo 21 já podem se dirigir aos pontos de vacinação para receberem a primeira dose da vacina.
 
A DS Curitiba parabeniza a luta e o trabalho desenvolvidos pela nossa filiada Maria de Lourdes Jakobowicz, que dedicou a sua vida pela vida de seus filhos. Nosso trabalho foi apenas de somar a uma batalha necessária e que, agora, está dando os frutos esperados. Queremos salientar também que precisamos da vacina para todos os brasileiros o mais rápido possível, pois esta é a única forma que temos até o momento para vencermos esse vírus.
 
Categorias:

Comente esta notícia

código captcha
Desenvolvido por Agência Confraria