Notícias

Imagem

Por quanto tempo você pode testar positivo para Covid-19 após a infecção?

Dependendo do teste, você ainda pode testar positivo para Covid-19 meses após a recuperação. Você pode até obter um resultado positivo após a vacinação
 
Uma pequena proporção de pessoas que receberam a vacina contra a Covid-19 testaram positivo para a doença, mesmo algumas que já estavam completamente vacinadas. No entanto, existem várias razões pelas quais você pode ter um resultado positivo após a vacinação.
 
“Os pacientes que tiverem uma infecção pré-vacinação, podem ser infectados antes que a imunização seja efetivada ou podem desenvolver uma infecção de ruptura”, diz Robert Glatter, médico da emergência do Lenox Hill Hospital na cidade de Nova Iorque. Por quanto tempo você pode testar positivo depende do motivo por trás disso.

Tipos de testes Covid-19
 
Entender os testes para Covid-19 pode ser um pouco confuso pois existem testes para checar se você tem o vírus e testes para ver se você já teve o vírus. Existem dois tipos de testes – chamados de testes de diagnóstico – que procuram por sinais de infecção atual por Covid-19, explica Dennis Cunningham, diretor médico e assistente de prevenção de infecções no Henry Ford Health System, em Detroit, nos EUA.
 
Os testes moleculares e de antígeno podem dizer se você tem uma infecção ativa e geralmente são realizados com um cotonete de nariz.
 
Os testes moleculares são os mais sensíveis. Às vezes, eles usam a tecnologia de reação em cadeia da polimerase (PCR) para detectar material genético real do SARS-CoV-2, o vírus que causa a Covid-19. Portanto, eles também são chamados de testes de PCR ou RNA. Os testes moleculares são os mais precisos dos dois testes de diagnóstico, mas podem levar dias para que os resultados apareçam.
 
Os testes de antígeno também são conhecidos como testes rápidos. Os antígenos são moléculas que o seu sistema imunológico produz sempre que há uma infecção. Esses testes retornam resultados em apenas 15 minutos. Eles podem não detectar infecções por Covid-19 precoces e podem dar falsos positivos.
 
É possível que pessoas vacinadas apresentem resultados positivos em ambos os tipos de testes de diagnóstico, embora não seja comum.
 
Um terceiro tipo de teste, o teste de anticorpos, pode dizer se você foi infectado com Covid-19 no passado. Também chamado de teste de sorologia, esse teste de sangue pode dar resultados naquele dia ou em alguns dias. Você terá um teste de anticorpos positivo depois de ter sido vacinado ou depois de ter Covid-19.

O ciclo de vida da Covid-19
 
“O período de incubação da Covid-19 pode durar entre 14 dias e 21 dias”, diz o Dr. Glatter. Isso significa que você pode não ter sintomas por duas ou três semanas após a exposição ao vírus. No entanto, você pode contagiar outras pessoas mesmo estando assintomático.
 
“Mesmo as pessoas que estão infectadas não transmitem uniformemente o vírus durante o ciclo de sua doença”, esclarece Scott Weisenberg, médico infectologista e diretor do programa de medicina de viagem da NYU Langone Health na cidade de Nova York.
 
O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC) estima que a maioria das pessoas é contagiosa por 10 a 15 dias após o início dos sintomas. Isso pode se estender por 20 dias para algumas pessoas com doenças graves.
 
Por quanto tempo você pode testar positivo?

Mesmo sem ser vacinado, esta é uma questão difícil de responder, diz o dr. Glatter. “A duração exata do resultado positivo do teste depende de quando você foi exposto, da sua carga viral e da sensibilidade do próprio teste Covid-19”, explica ele.
 
A carga viral é a quantidade de vírus que você possui em seu corpo. Pode levar quase uma semana após a exposição ao Covid-19 para reunir carga viral suficiente para o teste ser positivo. A melhor época para fazer um teste é de cinco a sete dias após a exposição ao vírus, já que, assim, você pode saber de forma mais precisa se está infectado ou não.
 
De acordo com o CDC, você pode testar positivo até três meses após a exposição, embora não seja contagioso por tanto tempo. Esses parâmetros podem variar entre os vacinados.
 
Infecções pré-vacinais
 
Todas as vacinas aprovadas contra a Covid-19 são muito eficazes, mas só previnem infecções futuras, não infecções que você pegou antes de tomar a vacina. As pessoas podem testar positivo bem antes do aparecimento dos sintomas assim como até a metade das pessoas infectadas podem nunca apresentar sintomas.
 
“Você ainda pode permanecer positivo por algum tempo”, diz Katherine L. Baumgarten, diretora médica do Centro Controle e Prevenção de Infecções Ochsner Health. Isso quer dizer que você pode estar assintomático no momento da vacina, mesmo que tenha sido exposto, o que significa que você ainda pode testar positivo por até três meses.
 
Isso não significa, é claro, que você terá sintomas do coronavírus por muito tempo ou será contagioso. Se você foi vacinado e tem sintomas ou pensa que foi exposto, ainda é importante falar com um médico, acrescenta a Dra. Baumgarten.
 
Janela de vulnerabilidade pós-vacina
 
Leva tempo para que o seu corpo crie imunidade total após a vacinação. As vacinas CoronaVac e AstraZeneca requerem duas doses, cada uma com poucas semanas e três meses de intervalo, respectivamente, de acordo com a Anvisa.
 
Você não é considerado totalmente vacinado até duas semanas após a segunda dose. Isso significa que, teoricamente, você ainda pode ser infectado por cerca de duas semanas após ter sido totalmente vacinado. Um teste positivo pode se repetir por várias semanas.
 
Infecções reincidentes
 
As duas vacinas aprovadas no Brasil – CoronaVac e AstraZeneca – possuem eficácia de até 95% contra a Covid-19. No entanto, isso não significa que é impossível que você seja infectado ou reinfectado caso você já tenha apresentado a doença antes.
 
Além disso, com as novas variantes da Covid-19 surgindo ao redor do mundo, especialmente no Brasil, ainda é um pouco difícil prever se as vacinas no nosso país serão o suficiente.
 
Tomar a vacina é muito importante

Em casos raros, você ainda pode testar positivo depois de ser vacinado, mas isso não significa que você não deve tomar a vacina. “São vacinas excelentes e mesmo as pessoas que ainda ficam doentes podem parecer menos propensas a estar gravemente doentes ou morrendo”, esclarece o Dr. Weisenberg.
 
Suas chances de desenvolver complicações ou até morrer de Covid-19 são muito maiores caso você não tome a vacina.
 
Tradução autorizada e adaptada do artigo escrito por Amanda Gardner, do The Healthy.
 

Fonte: Revista Seleções

Categorias:

Comente esta notícia

código captcha
Desenvolvido por Agência Confraria