Notícias

Imagem

Quando estiver resfriado ou com garganta inflamada posso tomar gelado?

Quem nunca esteve com um resfriado e ouviu "não vá tomar algo gelado, hein" que atire a primeira pedra. Essa crendice de que líquido refrigerado pode piorar mais a gripe ou a dor de garganta pode ter uma explicação que vem exatamente da origem do nome da doença.

Resfriado, por exemplo, vem de resfriar-se, o que remete à sensação de frio, de que a temperatura baixa piora a situação.

Mas pode ficar tranquilo e tomar o seu suco geladinho em paz. Inclusive, o líquido refrigerado pode até contribuir como um analgésico no alívio da dor. Só é preciso tomar cuidado para que a bebida não esteja muito gelada, já que alimentos com temperaturas extremas podem piorar ainda mais a irritação na garganta.

Já por outro lado, é melhor evitar os lugares muito fechados e cheios de pessoas. Afinal de contas, o vírus da gripe, assim como qualquer outro microrganismo desse tipo (como o coronavírus), tem maior chance de se propagar em locais com aglomeração e pouca ventilação.

Chá quente

Para quem prefere a bebida com um certo vapor saindo, saiba que ela também pode contribuir no alívio da dor, além de dar um certo conforto para o momento de indisposição. Só cuidado para que não esteja quente demais. E independentemente da temperatura do líquido, é preciso tomar alguns outros cuidados quando se está com resfriado ou dor de garganta.

Em primeiro lugar, lavar bem as mãos, depois manter os ambientes arejados, tossir usando lenço ou o antebraço. Também é necessário fazer repouso, se hidratar bem, lavar o nariz com soro fisiológico para evitar acúmulo de secreções e uma possível evolução para complicações bacterianas como a sinusite.

O uso de medicações quando necessário contribui para o tratamento, mas o ideal é que seja sempre prescrito por um médico. E, claro, neste período de pandemia, nunca esquecer de usar máscara.

De olho na vacina

Principalmente para crianças e idosos, a imunização anual é bastante indicada. Isso porque a vacina combate o desenvolvimento das formas graves de gripe, que podem levar a sintomas mais fortes e uma possível internação hospitalar.

As gripes mais brandas, com febre e um leve mal-estar não serão evitadas. Para esse tipo da doença o correto é seguir as recomendações já citadas e deixar os mitos de lado.
 

Fonte: UOL

Categorias:

Comente esta notícia

código captcha