Notícias

Imagem

5 mudanças que acontecem no corpo quando você atinge um peso saudável

O sobrepeso pode facilitar o aparecimento de doenças como a hipertensão
 
Ter mais qualidade de vida e se manter saudável é o desejo de muitas pessoas, mas isso implica em que? Sem dúvidas, investir em uma boa alimentação, realizar exercícios físicos, além de praticar atitudes que promovem o bem-estar mental, dormir bem, fazer check-up e evitar hábitos nocivos são alguns pilares fundamentais para essa busca.
 
Mas para algumas pessoas adaptar a rotina - que está cada vez mais agitada - e manter um peso, bem como a vida saudável também se torna mais difícil. Desse modo, todos os cuidados importantes acabam ficando em segundo plano e então o médico só é procurado quando algo não vai bem.
 
Este hábito, porém, pode fazer com que determinados quadros de saúde avancem e se tornem mais graves, como é o caso da obesidade e outras doenças relacionadas a ela, caso da hipertensão e das doenças cardiovasculares.
 
De acordo com a Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas (2018), 55,7% da população adulta do país está com excesso de peso e 19,8% está obesa. Sendo que a obesidade é uma doença crônica, multifatorial, caracterizada pelo acúmulo de gordura corporal, que leva à complicações e compromete a qualidade de vida.
 
Portanto, evitar o sobrepeso é benéfico para a saúde como um todo. Veja abaixo o que muda em seu corpo quando você está no peso saudável!
 
1. Ganha mais saúde: ao falar de peso saudável, a preocupação está para com a saúde. Isso porque, como visto acima, o sobrepeso e a obesidade podem causar outros problemas além do acúmulo de gordura. E entre eles estão quadros sérios, como hipertensão e risco de doenças cardíacas. Portanto, a busca por um peso adequado deve ser sinônimo de saúde!
 
2. O sono passa a ter mais qualidade: durante o sono o corpo se recupera de um dia cansativo, se prepara para outro, além de cumprir funções importantes, como a síntese de hormônios, por isso dormir bem é fundamental para a saúde.
 
Aliás, manter o sono em dia também é importante para evitar sobrepeso, uma vez que dormir pouco, no longo prazo, pode causa alterações endócrinas, que geram o aumento do apetite e da fome. E, ao manter o peso regulado, o sono se torna melhor porque o excesso de peso pode causar apneia de sono e outros distúrbios.
 
3. Respira melhor: em quadros de sobrepeso e obesidade o acúmulo de gordura pode acontecer em todo o corpo, incluindo na região do pescoço, impactando a respiração. Além disso, determinadas funções respiratórias podem ser afetadas, como a mobilidade do diafragma. Portanto, manter o peso saudável também é respirar melhor!
 
4. Tem mais disposição: o excesso de peso, além de sobrecarregar as articulações e trazer a sensação de dor, impacta a mobilidade e a disposição. Além disso, a apneia do sono, distúrbio que atrapalha o descanso, aumenta a indisposição, o cansaço e falta de energia.
 
5 - Elimina dores: os joelhos, o quadril, a coluna e as articulações podem ficar sobrecarregadas com o excesso de peso, fazendo com que dores apareçam e dificultando até mesmo a prática de atividades físicas. Ou seja, investir no controle de peso de forma saudável ajuda a eliminar dores que foram causadas pelo excesso de peso
 
Como investir em novos hábitos e perder peso?
 
Caso você esteja acima do peso, a primeira atitude deve ser buscar ajuda de um médico ou nutricionista. Neste caso, vale lembrar que tanto o sobrepeso quanto a obesidade são preocupações de saúde, uma vez que desencadeiam outros quadros, portanto, o auxílio médico é necessário.
 
Profissionais como médicos e nutricionistas, são responsáveis pela medição da circunferência abdominal, bem como do Índice de Massa Corporal (IMC), que divide o peso (kg) pela altura ao quadrado (m2), e avalia a relação do peso e o risco de doenças.
 
Após avaliar esses e outros aspectos que esses profissionais, obtém um diagnóstico e traça estratégias para a chegar ao peso saudável, que geralmente são de longo prazo, e incluem medidas como:
 
- Adequação da dieta: a nutricionista é a responsável por passar um plano alimentar para ajudar com a dieta.
 
- Prática de atividades físicas: as atividades físicas, quando praticadas com regularidade e aliadas a uma boa alimentação, aceleram o metabolismo, o que auxilia a perda de peso. Além disso, movimentar o corpo promove outros benefícios, como: melhora do sono, regulação da pressão arterial, entre outros.
 
- Acompanhamento psicológico: como essa fase é marcada por muitas mudanças, o acompanhamento psicológico é indicado para tornar o entendimento do processo mais leve;
 
Lembre-se que esses são apenas alguns exemplos de medidas para perda de peso, mas o ideal é sempre seguir o tratamento indicado pelo seu médico ou nutricionista.
 

Fonte: Minha Vida

Categorias:

Comente esta notícia

código captcha