Notícias

Imagem

No verão mantenha a rotina de atividades, sem esquecer da hidratação

Viagens com os amigos, exercícios físicos, aulas de dança, coral no final do ano. Parece que estamos descrevendo a rotina de um jovem, mas cada vez mais os idosos têm realizado atividades como essas que são prazerosas e fazem bem à saúde. No entanto, essa “maratona” pode fazer com que a geração acima dos 60 anos se descuide um pouco da hidratação.
 
Especialmente nesta época de altas temperaturas e alternância entre o calor intenso e o gelado do ar-condicionado é muito comum as pessoas se resfriarem ou ficarem com gripe. Por isso, para você que quer continuar suas atividades sem ser pego por uma doença oportunista, seguem algumas dicas:
  1. Mesmo que você não sinta sede obrigue-se a beber água pelo menos a cada 1 ou 1 hora e meia.
  2. Toda vez que for tomar seu remédio habitual, como os para doenças crônicas (diabetes e hipertensão) tome o remédio com um copo bem cheio de água. Assim fica mais fácil ingerir o líquido.
  3. De um “sabor” à água. Calma, eu explico. Muitas pessoas não têm o hábito de beber água por acharem sem graça e sem sabor. As nutricionistas recomendam o uso de frutas como morango, abacaxi, limão ou folhas de hortelã para “saborizar” a água.
  4. Não fique muito exposto ao calor excessivo e nem ao ar-condicionado em temperaturas muito baixas. É sabido que as pessoas mais velhas se desidratam mais facilmente.
  5. Se estiver na praia, evite ficar ao sol entre 10h e 16 horas. Não esqueça do protetor solar e nem da hidratação do corpo. Fique em local com sombra (de preferência uma sombra natural, como de uma árvore) e a cada 1h tome água.
  6. Use roupas leves e confortáveis. Roupas sintéticas e muito cobertas podem contribuir para a desidratação do corpo.
  7. Neste período de verão inclua mais frutas inclua mais frutas e sucos em sua alimentação. Prefira alimentos ricos em líquidos como frutas aquosas (melancia, melão e laranja), sopas, picolés ou gelatinas.
Assim, se você cuidar da sua hidratação pode continuar sua rotina de atividades sem comprometer a saúde. Viva mais e melhor.
 

Fonte: Estadão

Categorias:

Comente esta notícia

código captcha