Notícias

Imagem

Encontro Anual dos Auditores Fiscais da RFB define programação completa

Entre as atividades, teremos uma palestra que trata sobre tributação e o Estado de bem-estar social
 
Nesta quinta-feira (7), sairemos de Curitiba para o Encontro Anual dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil das Delegacias Sindicais de Curitiba, Florianópolis e Joinville. O evento seguirá até domingo (10), no Hotel Internacional Gravatal. A ocasião além de promover integração entre os amigos do Fisco, será uma ótima oportunidade para os auditores desfrutarem bons momentos na belíssima cidade catarinense. Teremos atividades interativas e uma palestra de extrema importância em vista do atual momento do Brasil.
 
Na sexta-feira (8), será realizada a palestra “Tributação, Desigualdade e Mudanças Climáticas: Como o Capitalismo Evitará seu Colapso”. O tema escolhido é objeto do pós-doutorado, realizado na Espanha, de Marciano Buffon. O advogado realizará o debate com Dão Pereira Real, que pretende problematizar a atual situação de negação do Estado de bem-estar social, na medida em que estão sendo propostas diversas reformas que retiram os direitos que foram conquistados ao longo do tempo.
 
“Eu trato de que modelo de tributação é necessário para que os dois problemas centrais atualmente visíveis do capitalismo, o de extrema desigualdade e das mudanças climáticas, possam ser enfrentados. Porque o capitalismo se encontra em uma espécie de encruzilhada histórica: ou ele enfrenta seus dois principais problemas ou há o risco do capitalismo sucumbir. Ou seja, o nosso próprio modo de viver seria altamente afetado caso isso não seja superado”, introduziu Marciano Buffon.
 
Como forma do capitalismo sobreviver, o mercado encontra alternativas para resolver os problemas que podem acabar com ele próprio. Ou seja, a insustentabilidade climática colocará praticamente em cheque todo o processo de sustentação do capital, a menos que o próprio capital encontre uma alternativa para se salvar. Então, nesse aspecto, esse dilema climático que nós estamos vivendo no mundo, segundo Marciano, vai ser exatamente o motor da solução para os problemas.
 
“Eu vou tentar problematizar por outro ângulo, que é em relação a destruição do Estado de bem-estar, na medida em que a nossa Constituição está sendo ameaçada por reformas. Além de ser danoso para a sociedade, para os direitos conquistados ao longo do tempo, o quanto isso acaba fazendo com que o próprio capitalismo se torne insustentável. Ou seja, o mercado, o desenvolvimento econômico, se torna insustentável na medida em que eu vou excluindo parcelas relevantes da população”, reforça Dão Real.
 
Para os presentes no evento, Marciano Buffon vai sortear o livro “Tributação, desigualdade e mudanças climáticas: como o capitalismo evitará seu colapso”. E para aqueles que se interessarem pelo tema, a obra também está disponível para venda no site da Editora Brazil Publishing. No evento, também será realizada uma atividade motivacional com os participantes, voltado para o bem-estar e qualidade de vida.
 
“Vai ser uma dinâmica, uma vivência de todos participando e construindo aquele momento juntos. Com música, com poesia, com contação de histórias, alguns números de mágica. Enfim, tudo o que a gente consegue por meio da arte, levaremos para as pessoas no intuito da gente se interligar. É um momento de integração”, explica Susi Monte Serrat que irá coordenar esta atividade com João Bello.
 
Os filiados podem conferir a programação completa do evento, clicando aqui.
 
Categorias:

Comente esta notícia

código captcha