Notícias

Imagem

Encontro Anual dos Auditores-Fiscais da RFB, em Foz do Iguaçu, trouxe palestras e programação turística

No último final de semana, do dia 30 de agosto a 02 de setembro, ocorreu o Encontro Anual dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil, das Delegacias Sindicais de Curitiba e Joinville. O encontro foi realizado no RAFAIN PALACE HOTEL & CONVENTION em Foz do Iguaçu-PR, cidade que abriga uma das 7 maravilhas da Natureza, as Cataratas do Iguaçu. 
 
A programação contou com palestras sobre temas de interesse dos auditores, como a ministrada pelo auditor-fiscal Paulo Gil Holk Intronini que tratou sobre a reforma tributária e o desenvolvimento. Um tema que vem cerceando os maiores encontros sobre tributação Brasil afora e que certamente é de grande importância não só para a nossa categoria como também para o desenvolvimento econômico e social do nosso país, como destacou Paulo Gil. Na palestra o auditor-fiscal apresentou estudos sobre as formas de tributação em outros países e a evolução dos sistemas com o passar do tempo, enfatizando que o Brasil possui um modelo regressivo e que a cada ano se trabalha mais dias apenas para pagar os impostos. 
 
Nesse sentido, já faz algum tempo que a ANFIP – Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil, lançou a campanha “Reforma Tributária Solidária” e vem investindo, desde então, fortemente em disseminar as propostas presentes nesse projeto, que busca a implementação de uma reforma tributária que satisfaça toda uma população, diminuindo a desigualdade e otimizando os processos fiscais do Brasil. E foi justamente este o tema trazido ao Encontro pelo auditor-fiscal Dão Real Pereira dos Santos, do IJF – Instituto Justiça Fiscal. 
 
O projeto de uma Reforma Tributária Solidária propõe o surgimento de um Brasil mais justo através, principalmente, da centralidade da reforma na tributação de rendas que atualmente é um dos maiores impasses do nosso sistema tributário. Ao apresentar o contexto, desvendar mitos e apontar desafios, o auditor-fiscal trouxe a visão ainda mais crítica de um país cujo estado social permanece em construção, sugerindo que mesmo depois de uma reforma, ainda haverá muito o que se resolver, mas que as propostas do projeto são um começo de um caminho que precisamos trilhar.
 
Além disso, tivemos também uma palestra com o Psicólogo Laênio Loche que abordou um tema mais do que pertinente para esses tempos políticos e de grande polarização no nosso país. “Como Lidar com Opiniões Diferentes? ”, a partir dessa pergunta Laênio desenvolveu inúmeras formas que possibilitem discussões saudáveis e racionais, ao levar em consideração as novas formas de pensar, se posicionar e se expressar sobre determinado assunto.
 
Na nossa programação turística que também foi cheia de atrações, podemos citar uma visita panorâmica a Hidrelétrica Itaipu Binacional e também ao Parque Nacional das Cataratas do Iguaçu e ainda uma tarde de compras do outro lado da fronteira, em Puerto Iguazu e também jantares que propiciaram muita integração entre os participantes do Encontro Anual dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil – Delegacias Sindicais de Curitiba e Joinville. 

Veja as fotos dessa notícia

Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

Comente esta notícia